Como medir o sucesso de treinamentos corporativos?

By 19 de novembro de 2019 Treinamento

Toda empresa que investe em treinamento espera melhorias na organização. Mas que evolução seria essa? Como avaliar se o treinamento oferecido trouxe benefícios? É possível medir o sucesso de um treinamento corporativo?

Uma das formas de se fazer isso é pelo uso de indicadores, comparando-os antes e depois do treinamento. Nesse sentido, apesar de cada organização ter seus próprios desafios a superar, muitas questões se repetem em diversas empresas

Foi o que mostrou a 12ª edição da pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil, realizada pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD). Para conhecer os indicadores mais utilizados para avaliar o sucesso dos treinamentos corporativos, foram ouvidas 738 empresas nacionais e multinacionais, com média de 3.561 colaboradores, de diversos setores.

Clima organizacional é indicador mais usado

O resultado da pesquisa oferece um panorama bastante interessante sobre o que as empresas esperam melhorar com os treinamentos e como avaliam seu sucesso. Em uma lista com 19 indicadores mais citados, mudanças no clima organizacional aparece em primeiro lugar, com 33%

De fato, um clima organizacional traz diversos prejuízos como baixa produtividade, aumento do estresse, absenteísmo e turnover. Não é uma surpresa que a maioria das empresas busquem treinamentos para melhorar o clima e o use como principal indicador de sucesso

Em segundo lugar, com 28% de menções, aparecem as melhorias nos processos. Esse indicador é citado principalmente por ONGS e Administração Pública, setores migram cada vez mais para uma administração gerencial. Processos devem passar por melhoria contínua e falhas nessa área acarretam os mais diversos problemas como perda de competitividade, falhas de comunicação, atraso em entregas, falta de agilidade, entre outros.

A melhoria na avaliação de desempenho aparece em terceiro lugar, com 22% de menções, com preponderância no setor industrial. Fica claro que, além de criar um clima organizacional mais saudável e aperfeiçoar processos, as empresas desejam que o treinamento corporativo melhore o desempenho de seus colaboradores. 

Logo em seguida, o quarto indicador mais citado foi a quantidade de projetos, melhorias e inovações decorrentes do treinamento, com  21% das menções, com presença mais marcante nos setores de comércio e serviços. Fica perceptível que, principalmente nessas áreas, as empresas esperam que os colaboradores sejam estimulados a contribuir com novas ideias e projetos a partir dos insights obtidos no treinamento.

Faturamento não é objetivo imediato

É interessante notar, também, que o aumento direto no faturamento da empresa aparece na última posição, com apenas 2% das menções. Isso nos mostra que o objetivo principal das empresas ao investir em treinamento não é o aumento imediato das receitas, mas encontrar caminhos para aperfeiçoar o ambiente e a produtividade que, a longo prazo, impactarão no faturamento.

O treinamento corporativo é, portanto, um investimento estratégico que traz diversos benefícios de longo, médio e curto prazo que vão muito além da perspectiva financeira. Podemos ver suas vantagens por meio de indicadores que vão do aumento da quantidade de vendas, passando pela redução de acidentes até a melhoria de processos e inovações.

Veja na imagem todos os indicadores citados pelas empresas respondentes e conte para a gente se você investe ou já investiu em treinamentos corporativos. Se sim, quais indicadores você usa para medir seu sucesso?

E se você quer aperfeiçoar sua equipe, melhorar a comunicação e a produtividade, conheça os treinamentos da Megalógica. Siga também nossos perfis nas redes sociais para acompanhar dicas e tendências sobre empreendedorismo e Marketing.