E aí, tudo bem?
O que faz você se levantar da cama todas as manhãs? O que te impulsiona a fazer um bom trabalho? Ou buscar um novo trabalho, mudar de área, perseguir novos desafios? Em outras palavras, o que te move? Esse é o tema do Café a Dois de hoje, nosso bate-papo semanal de empreendedorismo com bom humor. Vem com a gente!

Eu me remexo muito!

O que gera o movimento? Um série de fatores, como propósitos, metas, sonhos e objetivos. Não só isso, às vezes, o movimento é gerado por um agente externo, e não uma motivação intrínseca. Pode ser um problema, a situação do mercado ou mesmo uma pessoa específica. 

Esses agentes externos fazem não só com que você se movimente, mas que dê um passo adiante, que vá além da situação em que você se encontra. Pode acontecer de uma pessoa enxergar algo em nós que não percebíamos  e isso gerar um insight que leva a uma mudança de postura. 

Senta que lá vem história

Vamos ilustrar a situação dos agente externos com caso envolvendo japoneses  e peixes. 

Os japoneses gostam de comer peixes frescos. Alguns restaurantes, por exemplo, têm aquários nos quais os clientes podem escolher o peixe que irão comer logo em seguida. Para esse povo, o peixe recém-pescado é mais valorizado e tem um sabor melhor.

Em determinada região, os peixes mais próximos à costa ficaram escassos. As embarcações, então, começaram a adentrar mais o mar para pescarem. Porém, esses novos peixes não agradaram a clientela. Quando esses peixes também começaram a rarear, as embarcações adentraram ainda mais o mar. 

As vendas caíram, pois o sabor continuava não agradando. O que fazer, então? Com a tradicional sagacidade japonesa, tiveram uma sacada genial: criaram um navio-aquário para que os peixes capturados fossem mantidos na água e chegassem frescos para a venda. 

Ainda assim, o sabor continuou sendo desaprovado. O motivo, descobriu-se, era que os peixes confinados no aquário não se sentiam em seu ambiente natural. Pareciam saber que iriam para a panela mais cedo ou mais tarde! Alguns deles já chegavam mortos. Isso alterava o sabor. 

Já não se sabia o que mais era possível fazer, até que alguém teve uma ideia: inserir um filhote de tubarão no aquário. Como assim? Colocados no mesmo ambiente que um filhote de tubarão, os peixes viajavam agitados, tentando escapar do pequeno predador. Finalmente, o sabor foi reconhecido como sendo de peixes frescos pelos clientes. 

Qual a moral da história? Muitas vezes é necessário que um “tubarãozinho” agite nossa água e tire a gente da acomodação. Na realidade, esse tubarão te mantém vivo, faz você agir. E para isso é necessário evoluir, dar um passo além. E para isso é preciso mudar a cabeça, seu mindset. 

Aprendendo com situações adversas:

Existem problemas que fazem com que a gente olhe para as coisas sob uma perspectiva diferente e aprenda com eles. As pessoas evoluem com a experiência, tanto acertando quanto errando e tanto com as próprias experiências como com experiências alheias. 

Muitas vezes, um problema gera movimento, uma situação inesperada e até uma demissão gera movimento. Afinal, você poderia estar acomodado no trabalho e essa nova situação fará você correr atrás de novas possibilidades. 

O propósito também é um fator fundamental:

Ter um propósito pode ultrapassar sua vontade. O diretor da Megalógica, Adriano Cirilo, cita como exemplo sua atividade de docente há 17 anos, da qual se orgulha muito. Ao lecionar, ele tem a oportunidade de transformar vidas. Além de transmitir um conteúdo, ele pode servir de exemplo e motivar seus alunos. 

Palavras finais: 

O que nos move pode ser uma necessidade, uma situação ou um propósito. A própria Megalógica transforma a percepção do propósito, pois fazer o que gosta e com propósito nos dá força para fazer as coisas melhor e ir além. 

Para finalizar, gostaríamos de te perguntar: o que te move? Que propósito novo você pode buscar para sua vida? 

Enquanto você reflete, veja o bate-papo completo no YouTube, aproveite e siga a gente nas redes sociais e acompanhe o blog para não perder nossos papos sobre empreendedorismo e, claro, participar dessa conversa! 

E se você se interessou por esse e outros temas e a forma como os abordamos, saiba que o conteúdo do Café a Dois pode chegar em sua empresa por meio de palestras, treinamentos ou até mesmo da gravação ao vivo do próprio programa.

Envie um e-mail para projetos@megalogica.com.br ou ligue para (21) 3565-2369 e vamos tomar um café juntos com um bate papo transformador, muito empreendedorismo e uma colherzinha de bom humor!