Oi, tudo bem?
Você já sentiu que pode estar incomodando alguém pela sua forma de agir, de ser ou trabalhar? Isso está mais ligado à sua personalidade ou ao que você faz? E esse sentimento te afeta a ponto de mudar sua postura?

Na 13ª edição do Café a Dois, lançamos uma provocação: Ser um incômodo não é necessariamente algo ruim. Curioso para saber por quê? Vem com a gente! 

Personalidade X Performance

É importante diferenciar o incômodo causado pela personalidade daquele causado pela performance, ou seja, pelo quão bom você é em algum contexto. 

Em relação ao seu jeito de ser, se ele causa incômodo, é preciso ficar atento para não desrespeitar o espaço alheio e não se tornar inconveniente ou, em termos mais técnicos adotados pela sociologia: O chato, mala sem alça. A falta de atenção com essa questão pode, inclusive, fazer com que você esbarre na falta de bom senso ou falte com o respeito. 

Pode acontecer, porém, de você incomodar simplesmente por ter alguma característica de personalidade marcante, como a simpatia, uma postura otimista ou uma forma cordial de tratar as pessoas. 

Algumas vezes, por exemplo, o excesso de simpatia pode ser confundido com segundas intenções. Com a maturidade e o feedback, é possível ir moderando certos traços para que você não passe uma imagem distorcida sobre você. 

Já o aspecto da performance diz respeito às situações em que você incomoda ao fazer o seu melhor, enquanto outras pessoas agem dentro da média, fazendo o já conhecido “feijão com arroz”. 

No geral, as pessoas se contentam com um resultado “suficiente”. Isso faz com que aqueles que dão seu melhor acabem incomodando. Essas pessoas incomodam por se destacar positivamente entre seus pares. 

Se a sua estrela não brilha, não tente apagar a minha

Se você é bom no que faz, não deixe que outras pessoas apaguem seu brilho. É comum receber alfinetadas, tentativas de puxar o tapete ou alguma rejeição nesse caso. Isso, porém, não deve fazer com que você pare de dar o seu melhor e se acomode numa zona de mediocridade. 

Pessoas boas no que fazem deveriam ser vistas como inspiração para outras e não como alvo de inveja. Portanto, se no seu ambiente alguém se destaca, aproxime-se dessa pessoa, aprenda com ela, torne-a uma referência para sua atuação. A mentalidade, o conhecimento e a forma de agir das pessoas com quem você anda também influencia a sua vida. 

Busque o seu melhor

Ao buscar fazer o seu melhor você transforma o seu ambiente e força as pessoas a também serem melhores para acompanhar seu desempenho. Quando você admira uma pessoa talentosa e busca se espelhar nela, em determinado momento você também será admirado por outras, criando um círculo positivo. 

Fique atento para não ser tomado pela vaidade. Procure ajudar as pessoas a se superarem. Essa atitude contagia e tudo passa a funcionar melhor. 

Invejosos não passarão

Algumas pessoas, por insegurança, sentem-se ameaçadas quando outras se destacam. E isso leva a ataques velados ou explícitos, atritos e conflitos desnecessários. Essas pessoas tentam diminuir quem se destaca para que todos fiquem nivelados por baixo, o que é prejudicial para todo mundo. A postura negativa acaba sendo uma grande armadilha e, em geral, volta-se contra quem a adota. 

Todos são competentes

Todo mundo tem habilidades e dificuldades nas mais diversas áreas. O importante é ter disciplina, foco e metas para perseguir o que você deseja. Busque fazer o seu melhor, busque seu brilho, destaque-se. 

A disciplina é fundamental para ter posturas e resultados melhores. Com disciplina, é possível inclusive superar o talento. Ou seja: Mesmo que você não tenha uma aptidão nata para determinado assunto, com foco e muita persistência você consegue melhorar cada vez mais suas habilidades. 

Palavras finais:
Cirilo: Seja um incômodo com sua performance, quando você faz o seu melhor você tira as pessoas da zona de conforto!
Cynthia: Acredite em si mesmo, alimente sua estrela e não deixem que apague seu brilho.

Gostou do artigo? Queremos incomodar você com mais questionamentos e provocações: Veja o bate-papo completo no YouTube, siga a Megalógica nas redes sociais, interaja com a gente e acompanhe nosso blog. Assim você fica por dentro de todas as nossas publicações sobre empreendedorismo e Marketing. 

E se você se interessou por esse tema e a forma como o abordamos, saiba que o conteúdo do Café a Dois pode chegar em sua empresa por meio de palestras, treinamentos ou até mesmo da gravação ao vivo do próprio programa.

Envie um e-mail para projetos@megalogica.com.br ou ligue para (21) 3565-2369 e vamos tomar um café juntos com um bate papo transformador, muito empreendedorismo e uma colherzinha de bom humor!