Joicy Britts retorna ao Carrossel do Cirilo para continuar o incrível bate papo sobre as 9 características das pessoas Poderosas. Vem com a gente!

Quando falamos sobre as 9 características da pessoa poderosa, estamos reforçando 9 característica das pessoas que comandam a própria vida e sabem a hora de se retirar quando não estão sendo bem nutridas em determinado ambiente.

Características da identidade

As 3 primeiras características são: o amor que você tem por si próprio, que gera a segunda característica: a alegria autêntica (independentemente do que acontecer na sua vida, o seu amor por si mesmo é tão grande que você sempre está alegre por ser quem você é). E como essa sensação habita seu coração, você sente uma paz que excede a lógica da vida.

Essas 3 primeiras características formam o bloco da identidade e ao pertencimento. Ao levar a identidade para fora de si, você se coloca em contato com o outro e com o ambiente. Nesse momento, você exercita as próximas características:

Características extrínsecas

O ânimo elástico: capacidade de exercitar a paciência, persistência, firmeza e tolerância sem machucar a própria identidade. Exerce também a bondade no ser (ter o coração bondoso e compartilhar isso com as pessoas) e a bondade no agir (lutar pela bondade no mundo).

Características do caráter

As próximas 3 características se relacionam ao caráter: a fidelidade à sua identidade, mansidão ( estar pacificado pelas características anteriores, não ter a necessidade de ser agressivo com as outras pessoas, a não ser se as pessoas quiserem abusar) e o autocontrole.

Temperatura controlada

Significa saber controlar o bom senso do próprio caráter a partir da leitura dos ambientes onde vivemos e saber comandar esses ambientes.

Em alguns momentos, somos obrigados a esfriar a temperatura: o terreno do outro não é fértil o suficiente para que você coloque sua identidade nele. Exemplo: um chefe ou colega de trabalho sobre os quais você não tem poder.

Amor borbulhante

Um dia você acorda e vê que toda a influência sobre sua vida montou um quebra cabeças que ou você gosta ou não gosta mais. As duas coisas vão fazer você olhar para a raíz da sua nutrição novamente: por que estou aqui? Por que sou quem sou? Por que minha paz está abalada?

Mas para conseguirmos ter firmeza na elasticidade e na bondade, precisamos ter um amor borbulhante dentro de nós. Não conseguimos amar o ambiente e as pessoas se não nos amarmos sobre todas as coisas.
Está tudo bem esquecer disso às vezes, mas deveria ser o objetivo de todos poder escolher com quem trabalhar, com quem conviver e que tipo de pessoas aceitar na vida.