Não basta ser bom, tem que parecer bom! É com essa provocação que começa mais uma Mega Pílula do Carrossel do Cirilo. Vem com a gente!

Já reparou que tem gente que sabe muito, é super competente, mas não parece? Enquanto outras pessoas não são isso tudo, mas transmitem a aparência de ser.

É por isso que tanto quanto ser é parecer. A pessoa que está sempre afirmando ser honesta, por exemplo, provavelmente não é.

A mesma ideia vale para empresas e empreendedores. Um projeto precisa ser bom e parecer bom, uma empresa precisa ser boa e parecer boa. Como é a imagem da sua empresa? Como você se apresenta?

Você já resolveu experimentar um produto novo só pela embalagem? Ou, em um restaurante self service, qual comida você escolhe? Aquela que parece mais saborosa ou aquela que parece já estar fria e esquecida? Tanto quanto ser saboroso é parecer saboroso.

Isso vale para o serviço que você presta e para a empresa que você trabalha. Uma imagem que reforça credibilidade e profissionalismo reforça a possibilidade de o cliente fechar negócio com você.

Como profissional, sua postura conta histórias constantemente. Não basta você ser muito bom se sua postura não é condizente.