Desta vez, o Carrossel do Cirilo recebeu a nutricionista Erica Knaesel, da Nutriservice, para falar sobre alimentação saudável durante o isolamento social.

Erica esclarece que, em nutrição, não há receita de bolo, e uma coisa que funciona para determinado indivíduo não funciona para outro, pois temos cargas genéticas, cultura e situações muito diferentes.

Além disso, é interessante trabalhar não só o indivíduo, mas também a família, pois os hábitos alimentares devem envolver todas as pessoas que convivem juntas para que a pessoa não fique isolada em uma bolha, se alimentando de forma diferente do restante da família.

Outro ponto importante, levantado por Erica, é que ela não recomenda dietas restritivas para a quarentena. O necessário é manter a imunidade alta. Neste momento, uma dieta restritiva radical pode ter o efeito contrário, o de baixar a imunidade, deixando-nos mais receptivos a doenças.

Bactérias positivas x Bactérias negativas

A nutricionista também explica que em nosso intestino sempre temos bactérias boas e ruins. O importante é ter mais bactérias boas que ruins para ter uma vida saudável. Se tivermos mais bactérias ruins, teremos menos imunidade e criaremos disfunções como compulsão alimentar e distensão abdominal.

O consumo intenso de frituras, açúcares e alimentos processados, inclusive, dificulta a absorção de alimentos saudáveis. Ou seja, não adianta tentar compensar um refrigerante, por exemplo, com uma salada no outro dia, pois o organismo não conseguirá absorver tão bem.

A importância do planejamento

Cada organismo se comporta de uma maneira. Existem pessoas que acordam com fome enquanto outras se levantam saciadas. Algumas pessoas consomem grande quantidade de alimentos durante momentos específicos do dia, enquanto outras consomem pouca quantidade ao longo de intervalos mais curtos.

Não há uma forma certa de ser, o importante é conhecer seu comportamento e se planejar. Um exemplo: você pode deixar frutas para o café da manhã, como o mamão, já fatiadas e prontas para serem consumidas. Isso pode ser muito mais efetivo do que deixar para a hora que der fome, pois a pessoa poderá ficar com preguiça de fatiar a fruta e optar por algo menos saudável que já esteja pronto.

Outra dica é tentar organizar uma rotina ao longo da semana. por exemplo: na segunda-feira, preparar as bases para a alimentação do restante da semana, como molhos e biomassa.

Biomassa de banana

A biomassa de banana é um excelente alimento para incentivar o crescimento de bactérias boas no organismo. Para prepará-la, basta pegar bananas verdes, lavar com sabão e colocar na panela de pressão com água cerca de dois dedos acima das bananas. Quando a panela começar a chiar, conte aproximadamente 14 minutos e desligue.

Retire a água, descasque as bananas e coloque no liquidificador com água. Coloque o creme resultante em formas de gelo. Esse cubo de gelo de biomassa pode ser usado em sucos, por exemplo.

A biomassa é emulsificante e não tem gosto nem cheiro. Pode ser utilizada tanto em receitas doces, quanto salgadas para substituir ovos, maionese, etc. A biomassa é versátil é emulsificante e pode ser empregada em desde risotos e estrogonofes, por exemplo, até em biscoitinhos de chocolate 70%.

Dicas de geral

Pão: Para quem gosta de pães, a sugestão é utilizar pães e farinhas integrais. É importante ficar atento aos rótulos, pois muitos produtos se dizem “integrais” mas trazem na lista de ingredientes a farinha branca.

Tapioca: não é tão saudável quanto algumas pessoas acham, mas também não faz mal. É interessante acrescentar chia e quinoa, por exemplo, para adicionar mais fibras, o que é mais saudável.

Substâncias desconhecidas: se, ao ler um rótulo de alimento, você encontrar nomes de componentes químicos que nunca ouviu falar ou muito complicados, é melhor não consumir.

Ultraprocessados: como linguiça e salaminhos, por exemplo, são extremamente carregados em sódio e é recomendável evitar.

Reflexão final: descasque mais, desembale menos.

Tem receita especial para os seguidores do Carrossel do Cirilo:

Erica preparou umas receitinhas especiais para quem acompanhou a live. Que tal aproveitar a quarentena para começar um estilo de vida mais saudável?

SAL DE ERVAS

Ingredientes
  • 2 moles de manjericão
  • 2 moles de alecrim
  • 1 mole de salsa
  • 1 mole de coentro
  • 1 mole de estragão
  • 1 mole de tomilho
  • 1 mole de orégano
  • 1 mole de sálvia
  • 1 mole de manjerona
  • 1 mole de hortelã
  • 10 dentes de alho descascados
  • 2 xícaras de chá de sal light
Preparo

Lavar e secar bem as ervas extraindo suas folhas. Coloque em um tabuleiro as folhas e o alho e leve ao forno baixo (150°) por 10 minutos . Seque o sal em outro tabuleiro pelo mesmo tempo.
Bata no liquidificador as ervas com o sal e guarde em vidro bem vedado.

BIOMASSA DE BANANA VERDE

Ingredientes
  • Bananas verdes
Preparo

Lavar e secar bem as ervas extraindo suas folhas. Coloque em um tabuleiro as folhas e o alho e leve ao forno baixo (150°) por 10 minutos . Seque o sal em outro tabuleiro pelo mesmo tempo.
Bata no liquidificador as ervas com o sal e guarde em vidro bem vedado.