Bom dia, família Megalógica! Não trate como live de sexta-feira quem te trata como live de segunda. No dia 27/04, o Carrossel do Cirilo recebeu o humorista Eduardo Torreão para falar sobre humor na quarentena.

Eduardo explica que seu áudios ficaram muito populares, mas ele queria mostrar quem era o rosto por trás desses áudios e também ter mais liberdade para tentar outros projetos além do “Bom dia família”.

Como surgiu o Bom dia Família

Um amigo convenceu, muito a contragosto, Eduardo a gravar um áudio engraçado no WhatsApp. De repente, o áudio tinha chegado no ator Lázaro Ramos, indicando que a ideia tinha sido bem sucedida.

Para que os áudios continuem relevantes e divertidos, Eduardo explica que é importante estar antenado com os assuntos em alta do dia a dia. Além disso, há os assuntos curinga que sempre fazem sucesso, como falar sobre sogra e azucrinar os “crossfiteiros”.

Eduardo, que era bancário, foi demitido num momento em que as brincadeiras do áudio estavam começando a ficar muito populares. Ele já conseguia obter rendimentos, mas ainda não era um trabalho de verdade.

Apesar da grande repercussão, Eduardo achava que a brincadeira iria durar por, no máximo, uns seis meses. Esse período chegou e as pessoas continuavam a se divertir com a brincadeira, para surpresa do humorista. Ele revela que foi convidado para rádios de abrangência nacional para divulgar seus áudios e já foi elogiado por grandes personalidades como jogadores de futebol, cantores e humoristas.

Amizade para superar qualquer perrengue

Entre causos de perrengues em ônibus, zoeiras e confusões com a mãe e problemas com bebida e obesidade, Eduardo lembra que sempre se safou dos piores destinos graças às boas amizades que mantém. Em todos os momentos em que começou a desviar para caminhos ruins seus amigos estavam lá para dar bronca e trazê-lo de volta à razão.

É por isso que ele deixa a dica de sempre cultivar e manter essas boas amizades e nunca se afastar das pessoas que realmente querem seu bem. Outra pessoa muito importante na vida de Eduardo foi sua atual namorada, Juliana, que tem o poder de centrá-lo e trazê-lo para o eixo nos momentos mais difíceis.

Rir é o melhor remédio

Eduardo diz que esse é o seu mantra e sua especialidade é surpreender as pessoas e fazer pessoas sorrirem. Segundo ele, todos os dias ele inventa coisas para surpreender e agradar sua mãe e a namorada. Mesmo em situações adversas ou constrangedoras, ele acaba soltando suas piadas.

Porém, Eduardo diz que existem alguns temas sobre os quais ele prefere não opinar, como política e religião. Segundo ele, esses assuntos são muito delicados e podem ofender e defender lados pode fazer com que algumas pessoas te admirem ao mesmo tempo que outras muitas passam a não gostar.

Estamos em crise, essas coisas acontecem mas passam. E a maneira como a gente passa faz toda a diferença. Então, vamos tentar ver as coisas com mais bom humor!